DESTAQUE

“Nada do que a gente vai assistir agora vai seguir a um roteiro”, afirma professor sobre o inquérito do STF

Texto e arte por Caroline Oliveira O inquérito sigiloso aberto pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli, no dia 14 de março, para apurar notícias falsas e ofensas ligadas à corte e as consequentes oito buscas e apreensões e a censura a sites começa a sofrer pressão dos outros ministros da casa. O ministro Marco Aurélio classificou como “mordaça” a decisão do ministro Alexandre de Moraes, relator do caso, de censurar uma reportagem do site O Antagonista e da Revista Crusoé. Para ele, a maioria dos ministros do STF é contra a determinação. "Penso que o convencimento da maioria…

Anuncie

Apoiadores
Seja um apoiador

Aproximadamente 1.5 milhões de visualizações mensais e mais de 175 mil curtidas no Facebook.

CONTATO

Justificando Conteúdo Cultural LTDA-EPP

[email protected]