Quarta-feira, 14 de maio de 2014

Tribunal rejeita gasto de Unesp com salários de funcionários

O Tribunal de Contas do Estado condenou três ex-reitores da Universidade ao pagamento de R$ 10 mil pelo tempo que serviram. Entre os condenados está o atual Secretário de Educação Herman Voorwald. Segundo o Tribunal, no ano de 2009, os funcionários receberam remuneração acima do teto do Estado. A Constituição Estadual prevê que o salário dos servidores estaduais não podem ganhar mais que o governador – R$ 14.850.

Em seu relatório, o TCE também apontou preocupações com a dívida da Universidade junto à Previdência – cerca de R$ 1,1 bi (metade do repasse de verba do governo estadual), como também com a inconsistência do Orçamento. Em sua defesa, a Unesp diz que aguarda a publicação da decisão.

Caso a decisão seja mantida, os ex-reitores não poderão ser candidatos em eleições. Voorwald, por meio da assessoria de comunicação da Secretaria, disse que cabe à Unesp se pronunciar sobre a decisão.

Quarta-feira, 14 de maio de 2014
Anuncie

Apoiadores
Seja um apoiador

Aproximadamente 1.5 milhões de visualizações mensais e mais de 175 mil curtidas no Facebook.

CONTATO

Justificando Conteúdo Cultural LTDA-EPP

[email protected]

Send this to a friend