Alckmin volta atrás e põe sigilo de 50 anos para ocorrências policiais
Terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Alckmin volta atrás e põe sigilo de 50 anos para ocorrências policiais

Depois de prometer derrubar o segredo para ações da polícia, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) assinou um decreto impondo sigilo absoluto de 50 anos sobre os dados de boletins de ocorrências policiais.

Com a medida, publicada no Diário Oficial, ficará impossível que qualquer cidadão acesse os BOs, inviabilizando o confronto de dados estatísticos de criminalidade no Estado divulgados pela Secretaria de Segurança Pública.

O decreto fala em 50 anos de sigilo ao “histórico de registro digital de ocorrência e boletim eletrônico de ocorrência, quando não for possível a proteção dos dados pessoais dos envolvidos e testemunhas”.

Como esses documentos incluem informações de quem fez a queixa, testemunhou ou foi citado, a regra abre uma brecha para que o acesso a todos os BOs sejam negados.

O decreto também barra acesso a informações como efetivos policiais, normas e manuais de conduta das corporações, que agora ficam em segredo por 15 anos. Já as informações de inteligências são ultrassecretas agora e só poderão ser divulgadas depois de 25 anos.

Fonte: Brasileiros 

Terça-feira, 16 de fevereiro de 2016
Anuncie

Apoiadores
Seja um apoiador

Aproximadamente 1.5 milhões de visualizações mensais e mais de 175 mil curtidas no Facebook.

CONTATO

Justificando Conteúdo Cultural LTDA-EPP

[email protected]

Send this to a friend