Advogado negro algemado no TRT recebe evento em solidariedade na OAB/SP
Quarta-feira, 7 de junho de 2017

Advogado negro algemado no TRT recebe evento em solidariedade na OAB/SP

Foto: Reprodução do vídeo 

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de São Paulo, reuniu cerca de 50 pessoas nesta segunda-feira (5), em ato de desagravo em favor do advogado Flávio Cesar Damasco, que foi agredido e algemado por agentes de segurança da Justiça do Trabalho de SP quando tentava entrar no Tribunal para participar de uma reunião com a desembargadora responsável pelo processo de um cliente.  

O episódio racista ocorreu em 2016, à época divulgado pelo Estadão em 27 minutos de imagens de câmaras de segurança da instituição. As imagens mostram o advogado sendo cercado por quatro seguranças e conduzido pelos braços no saguão. A confusão prosseguiu até a calçada do tribunal e só terminou no 4º DP, para onde Damasco foi levado após ser algemado pelos seguranças da Corte. Na delegacia, teria sido liberado ao apresentar a carteira da Ordem.

Damasco não compareceu ao evento. Segundo a Comissão de Direitos e Prerrogativas da OAB/SP, o advogado telefonou para agradecer pelo apoio, mas disse que não iria porque “não queria reviver a situação”, que o deixou “muito abalado emocionalmente”.

Para o presidente da OAB/SP, Marcos da Costa, “ataques contínuos às prerrogativas não são contra a advocacia, são contra a cidadania”

O caso de Flávio Cesar Damasco servirá como exemplo pela OAB para contestar no CNJ a existência de uma polícia própria do Judiciário, que não se enquadra em nenhum segmento previsto na Constituição: a PF, a PM, a polícia Civil, a Guarda Municipal e as Polícias Rodoviárias.

Quarta-feira, 7 de junho de 2017
Anuncie

Apoiadores
Seja um apoiador

Aproximadamente 1.5 milhões de visualizações mensais e mais de 175 mil curtidas no Facebook.

CONTATO

Justificando Conteúdo Cultural LTDA-EPP

[email protected]

Send this to a friend