Promotor de Justiça no Maranhão fala em fim da Defensoria e recebe críticas
Segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Promotor de Justiça no Maranhão fala em fim da Defensoria e recebe críticas

Foto: Reprodução

Posicionamentos ultraconservadores por parte de promotores de justiça têm sido algo cada vez mais comum e tem preocupado intensamente a comunidade jurídica. O último a ganhar destaque foi o Promotor de Justiça e Coordenador do Mestrado na Universidade Federal do Maranhão, Paulo Roberto Barbosa Ramos, ao pedir em sua rede social a extinção da Defensoria Pública no Estado. 

De acordo com o promotor, “o Brasil precisa ser urgentemente moralizado: outro poder judiciário e extinção de instituições que só servem para drenar o dinheiro público, como a Defensoria Pública”. Para ele, a Defensoria é uma instituição que “quer repetir vários vícios do Poder Judiciário”.

A declaração repercutiu nas redes sociais. Em nota, a Associação dos Defensores Públicos do Estado do Maranhão (ADPEMA) repudiou a fala do membro do representante do Ministério Público, cuja conduta ofensiva foi classificada como “lamentável”“ADPEMA reitera o seu repúdio às ofensas promovidas pelo promotor de justiça Paulo Roberto Barbosa Ramos, em desfavor dos Defensores Públicos e da própria Defensoria Pública do Estado do Maranhão e esclarece que adotará as medidas jurídicas cabíveis contra tais agressões que, pela sua natureza, atingem toda a Defensoria Pública” , afirmou a instituição.

Outras pessoas não perderam a oportunidade de comentar a declaração. “Deve estar passando sufoco com o trabalho da defensoria do Maranhão”, ironizou o advogado Airton Chaves em comentário à publicação que repercutiu sobre o tema.

Segunda-feira, 2 de outubro de 2017
Anuncie

Apoiadores
Seja um apoiador

Aproximadamente 1.5 milhões de visualizações mensais e mais de 175 mil curtidas no Facebook.

CONTATO

Justificando Conteúdo Cultural LTDA-EPP

[email protected]

Send this to a friend