Impedir o show do Caetano Veloso não foi uma decisão jurídica, mas política
Terça-feira, 31 de outubro de 2017

Impedir o show do Caetano Veloso não foi uma decisão jurídica, mas política

Foto: Reprodução/AgNews 

Caetano Veloso iria fazer uma apresentação no movimento do MTST e o Ministério Público entrou com uma ação para impedir – e conseguiu. A desculpa: o lugar não tem estrutura para receber o show do Caetano.

A elite arruma desculpa para tudo e ainda conta com apoio de ampla parte do judiciário.

Leia também:

Proibição de show de Caetano Veloso por juíza é censura, apontam especialistas

 Guerra obscurantista contra Caetano Veloso deve envergonhar o país

Essa questão da (falta de) moradia é uma questão trabalhada brilhantemente por Engels quando em seu livro “Sobre a moradia”:

“(…) de onde vem a escassez de moradia? (…) Ela é produto necessário da forma burguesa da sociedade; sem escassez de moradia não há como subsistir uma sociedade na qual a grande massa trabalhadora depende exclusivamente do salário e, portanto, da soma de mantimentos necessária para garantir sua existência e reprodução”.

E diz mais na página 90:

O capital não quer eliminar a escassez de moradia, mesmo que possa.

Aí quando o Caetano Veloso escreveu em seu Instagram “Estamos juntos em defesa das causas que são justas, apoiando a luta dos trabalhadores por moradia”, aparece uma juíza, que tem auxílio moradia, impedindo um show cuja causa é para que todos tenham moradia. É fácil impedir a luta de quem não tem  quando ganha, além de um salário de R$ 27 mil por mês, auxílio moradia mensal no valor de R$ 4 mil.

Bem escreveu Karl Marx, nos idos de 1848:

“O principal fruto do Movimento Revolucionário de 1848 não é o que os povos ganharam, mas sim o que perderam: a perda de suas ilusões. Entre as últimas ilusões que aprisionaram o povo alemão, situa-se, em seu vértice, a sua superstição acerca dos juízes”.

Resistir é necessário.

Wagner Francesco é bacharel em Teologia e Direito. 

Terça-feira, 31 de outubro de 2017
Anuncie

Apoiadores
Seja um apoiador

Aproximadamente 1.5 milhões de visualizações mensais e mais de 175 mil curtidas no Facebook.

CONTATO

Justificando Conteúdo Cultural LTDA-EPP

[email protected]

Send this to a friend