Mídia e machismo
Sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Mídia e machismo

O Explica Aí no Justificando está de volta cheio de problematizações! O tema da vez são as discriminações veladas que consumimos diariamente. No programa de hoje trazemos uma reflexão sobre os padrões machistas – muitas vezes acompanhados de outros preconceitos, como o racial – que vivem aparecendo na publicidade, no cinema e na música.

Pra entender qual a treta por trás da publicidade da Dove; pra sacar qual é a do teste de Bechdel; pra conhecer algumas letras misóginas que ainda tocam na rádio…Dê o play!

Não deixe de assistir para entender como uma maior participação feminina pode ajudar a romper com a cultura misógina que se perpetua na mídia.

Vídeo apresentado pela Mabô, editado pelo Renan Almeida e produzido pela Lumo Visual (Contato: [email protected])


Referências

https://claudia.abril.com.br/noticias/mulheres-na-midia-o-machismo-na-publicidade-comeca-nas-agencias/

http://nodeoito.com/estereotipo-feminino-parte-2/http://nodeoito.com/6-estereotipos-femininos-que-hollywood-precisa-parar-de-usar/

http://www.revistaforum.com.br/2013/01/09/midia-a-maior-propagadora-do-machismo/

https://www.cartacapital.com.br/sociedade/machismo-e-a-regra-da-casa-4866.html

https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2017/04/11/conar-puniu-sete-publicidades-por-denuncias-de-machismo-em-2016.htm

http://www.adorocinema.com/noticias/filmes/noticia-104632/https://medium.com/@stephanieribeiro/o-problema-do-negro-único-o-caso-da-tempestade-em-x-men-6e26ac8d6c82

https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2017/04/11/conar-puniu-sete-publicidades-por-denuncias-de-machismo-em-2016.htm?cmpid=copiaecola

http://agenciabrasil.ebc.com.br/direitos-humanos/noticia/2016-05/pesquisa-mostra-que-86-das-mulheres-brasileiras-sofreram-assedio-em

Sexta-feira, 24 de novembro de 2017
Anuncie

Apoiadores
Seja um apoiador

Aproximadamente 1.5 milhões de visualizações mensais e mais de 175 mil curtidas no Facebook.

CONTATO

Justificando Conteúdo Cultural LTDA-EPP

[email protected]