MP português investiga Igreja Universal por suposta rede de adoção ilegal
Terça-feira, 12 de dezembro de 2017

MP português investiga Igreja Universal por suposta rede de adoção ilegal

Foto: Reprodução/Facebook

O Ministério Público de Portugal abriu um inquérito para investigar a Igreja Universal do Reino de Deus por uma suposta rede de adoção ilegal de crianças.

A acusação surgiu após o canal TVI, líder de audiência em Portugal, produzir uma série de reportagens investigando a Igreja Universal, a família do bispo Edir Macedo e os lares assistenciais mantidos pela Igreja no país.

Nesta segunda-feira (11), a emissora exibiu a primeira de dez reportagens da série “O segredo dos Deuses” que mostra que a Igreja manteve, em Portugal, uma casa irregular de assistência a crianças carentes na década de 1990. 

“Lar Universal” foi aberto em 1994 e funcionava como um orfanato. Lá, mães sem condições financeiras deixavam as crianças e depois, quando ia buscá-las, elas haviam desaparecido. Ainda de acordo com a reportagem, algumas crianças chegaram a ser adotadas e registrados como filhos biológicos dos bispos e pastores da Igreja.

Outro lado

Em nota, a Universal do Reino de Deus negou as acusações e afirmou que a série de reportagens é uma “campanha difamatória, mentirosa”, que contou com a colaboração de um ex-pastor, Alfredo Paulo Filho, que rompeu com a igreja em 2013.

Os netos adotivos de Edir Macedo, Vera e Luís, gravaram um vídeo em que condenam a reportagem feita pela emissora portuguesa e afirmam que “a TVI está dizendo coisas a nosso respeito que não são verdadeiras. Disseram que fomos raptados pela cúpula da Igreja Universal. Nós não fomos raptados, fomos adotados de forma legal por uma família americana e vivemos até os nossos 20 anos com esta família nos Estados Unidos“.

Com informações do Opera Mundi.

Terça-feira, 12 de dezembro de 2017
Anuncie

Apoiadores
Seja um apoiador

Aproximadamente 1.5 milhões de visualizações mensais e mais de 175 mil curtidas no Facebook.

CONTATO

Justificando Conteúdo Cultural LTDA-EPP

[email protected]

Send this to a friend