Justiça nega recurso de Assange contra mandado de prisão
Quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Justiça nega recurso de Assange contra mandado de prisão

Foto: Wikimedia Commons. Informações do site Opera Mundi.

A Corte de Magistrados de Westminster, em Londres, rejeitou um recurso do fundador do WikiLeaks, Julian Assange, para anular o mandado de prisão contra ele no Reino Unido.

A ordem de captura está em vigor desde o fim de 2012, por conta do processo contra Assange na Suécia por dois supostos casos de abuso sexual. O australiano vive na Embaixada do Equador em Londres há mais de cinco anos.

Leia maisSenado dos EUA vota pelo fim da lei que mais violou o direito da intimidade no mundo

Japão pede explicações aos EUA sobre denúncia do WikiLeaks

Justiça mantém ordem de prisão contra Julian Assange

“Não fui persuadida de que o mandado de prisão deva ser revogado”, declarou a juíza Emma Arbuthnot. A defesa do criador do WikiLeaks alega que a ordem de captura não se justifica mais porque o processo na Suécia foi arquivado.

Para os advogados de Assange, o pedido de prisão é uma maneira de extraditá-lo para os Estados Unidos, já que ele vazou dezenas de milhares de documentos secretos em sua plataforma.


Assista ao bate papo de Igor Leone com Djamila Ribeiro no Pandora Lab sobre “O que é Lugar de Fala”:

Quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018
Anuncie

Apoiadores
Seja um apoiador

Aproximadamente 1.5 milhões de visualizações mensais e mais de 175 mil curtidas no Facebook.

CONTATO

Justificando Conteúdo Cultural LTDA-EPP

[email protected]

Send this to a friend