PL que regulamenta o uso e cultivo de maconha é apresentado na Câmara
Quinta-feira, 12 de julho de 2018

PL que regulamenta o uso e cultivo de maconha é apresentado na Câmara

Imagem: Mídia Ninja

O deputado federal Paulo Lula Teixeira (PT-SP) apresentou, na última terça-feira, dia 10, projeto de lei que disciplina o controle, a fiscalização e a regulamentação do uso da cannabis no Brasil.

O texto foi construído seguindo a tendência internacional, inspirado em experiências bem-sucedidas em países como Uruguai, EUA, Espanha e Portugal.

O projeto de lei 10.549/18 regulamenta o uso da cannabis para uso medicinal e também para uso pessoal. Além disso, dispõe sobre o autocultivo, o cultivo por meio de cooperativas e a produção para fins medicinais. O texto também propõe a distinção objetiva entre usuários e traficantes pela quantidade para o uso pessoal até 10 dias, conforme experiência de sucesso em Portugal, e descriminaliza o usuário.

 

+[ASSINANDO O +MAIS JUSTIFICANDO VOCÊ TEM ACESSO À PANDORA E APOIA O JORNALISMO CRÍTICO E PROGRESSISTA]+

 

Pesquisas médicas da atualidade confirmam os benefícios do uso da cannabis para o tratamento ou o alívio de dores, náuseas e outros sintomas associados a uma variedade de condições médicas debilitantes, incluindo câncer, esclerose múltipla e HIV/AIDS, como reconhecido pela Academia de Ciências do Instituto de Medicina dos Estados Unidos em março de 1999.

“O Brasil tem boas experiências de regulação e o grande dano para a sociedade brasileira é o controle da cannabis estar na mão do crime. Estou propondo uma regulação restrita, permitindo o uso medicinal e o uso pessoal. O texto está inspirado nas melhores experiências internacionais”, explica o deputado.

O projeto ainda prevê que é “vedada, em todo o território nacional, a publicidade, propaganda, promoção, apoio, divulgação ou patrocínio da cannabis de efeito psicoativo e de seus derivados, por sinais distintivos ou outra forma que caracterize marca, em qualquer meio de comunicação, limitando-se sua identificação à apresentação das concentrações existentes de canabinóides, terpenóides, flavonóides e de outros elementos ou substâncias”.

 

Com informações da assessoria de imprensa

 


O Justificando não cobra, cobrou, ou pretende cobrar dos seus leitores pelo acesso aos seus conteúdos, mas temos uma equipe e estrutura que precisa de recursos para se manter. Como uma forma de incentivar a produção de conteúdo crítico progressista e agradar o nosso público, nós criamos a Pandora, com cursos mensais por um preço super acessível (R$ 19,90/mês).

Assinando o plano +MaisJustificando, você tem acesso integral aos cursos Pandora e ainda incentiva a nossa redação a continuar fazendo a diferença na cobertura jornalística nacional.

[EU QUERO APOIAR +MaisJustificando]

 

Quinta-feira, 12 de julho de 2018
Anuncie

Apoiadores
Seja um apoiador

Aproximadamente 1.5 milhões de visualizações mensais e mais de 175 mil curtidas no Facebook.

CONTATO

Justificando Conteúdo Cultural LTDA-EPP

[email protected]

Send this to a friend