“Sociedade sem lei”, de Rubens Casara, é o diagnóstico do Brasil neoliberal e autoritário de Bolsonaro
Quinta-feira, 29 de novembro de 2018

“Sociedade sem lei”, de Rubens Casara, é o diagnóstico do Brasil neoliberal e autoritário de Bolsonaro

Lançado na última terça-feira, 27 de novembro, no Rio de Janeiro, o livro de Casara busca compreender as consequências da lógica neoliberal na sociedade

Por Caroline Oliveira

Recentemente, Rubens Casara, juiz de Direito do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro e membro da Associação Juízes para a Democracia (AJD) , lançou seu mais novo livro: “Sociedade Sem Lei – Pós-democracia, Personalidade Autoritária, Idiotização e Barbárie”. A obra, que tem participação da filósofa Márcia Tiburi, autora, entre outros, do livro “Como conversar com um fascista”, busca compreender as consequências, na sociedade, na lógica neoliberal.

Casara, em entrevista ao Justificando, afirmou que a sociedade sem lei é a sociedade neoliberal. Nela, há um projeto de geração de lucro “sem limites, na qual a imoderação que é própria do capitalismo invade as relações sociais, formas e instituições”. Soma-se a isso, o crescimento da personalidade autoritária e a produção da idiotização e barbárie como estratégias de dominação populacional.

Aqui, o autoritarismo porque o modelo neoliberal encontra “resistência nos limites democráticos”. Nesse processo, “os valores perdem importância na medida em que tudo é tratado como mercadoria e objeto negociável.”

Após a Segunda Guerra Mundial, a promessa de que pessoas não seriam novamente transformadas em objetos, seguindo Immanuel Kant, fracassou diante das novas formas de sobreviver do capitalismo. Como coloca no livro, “a ilusão com a promessa de um futuro de respeito à dignidade humana e aos demais limites democráticos durou pouco”, afirma Casara. Na mesma lógica, a consolidação de um Estado Democrático de Direito, fruto das reflexões pós guerra, também fracassou. “Os limites legais ao exercício do poder foram aos poucos abandonados pelos aplicadores da lei.”

Para Casara, o Brasil é uma espécie de laboratório para esse cenário, misturando neoliberalismo e autoritarismo, de acordo com os interesses do mercado, principalmente, o financeiro. Segundo o juiz, “a eleição do Bolsonaro é um símbolo desse movimento que une ultra autoritarismo ao serviço da lógica neoliberal. Isso se torna muito visível quando percebe-se a perda da importância no País dos valores democracia, verdade e liberdade”.

O Direito, nesta seara, também é transfigurado. Como um instrumento externo de imposição de leis democráticas, é substituído pelo “o que cada um entende como justo e certo”. “Então, há uma moralização nas relações sociais”, diz Casara.

Sobre os próximos anos, o magistrado visualiza um aprofundamento dessa dimensão autoritária. “Vivemos um processo de empobrecimento subjetivo que é um empobrecimento da linguagem, dos valores democráticos. Superar esse autoritarismo passa por resgatar esses valores, a importância dos direitos fundamentais”. E continua, é necessário um “processo de ressimbolização” daquilo que hoje se tornou negociável. “Temos que fazer o movimento inverso, que é cultural, envolve aprendizado, crítica”, afirma.

 

SERVIÇO:

Nome do livro: Sociedade Sem Lei –  Pós-democracia, Personalidade Autoritária, Idiotização e Barbárie

Autor: Rubens Casara

Editora: Civilização Brasileira

 

Leia mais:
Livro explica como neoliberalismo estrutura um “Estado Pós-Democrático”
Macri: neoliberalismo de autoajuda e a política de condomínio
No neoliberalismo, pessoas são tratadas como mercadoria

 


O Justificando não cobra, cobrou, ou pretende cobrar dos seus leitores pelo acesso aos seus conteúdos, mas temos uma equipe e estrutura que precisa de recursos para se manter. Como uma forma de incentivar a produção de conteúdo crítico progressista e agradar o nosso público, nós criamos a Pandora, com cursos mensais por um preço super acessível (R$ 19,90/mês).

Assinando o plano +MaisJustificando, você tem acesso integral aos cursos Pandora e ainda incentiva a nossa redação a continuar fazendo a diferença na cobertura jornalística nacional.

[EU QUERO APOIAR +MaisJustificando]

Quinta-feira, 29 de novembro de 2018
Anuncie

Apoiadores
Seja um apoiador

Aproximadamente 1.5 milhões de visualizações mensais e mais de 175 mil curtidas no Facebook.

CONTATO

Justificando Conteúdo Cultural LTDA-EPP

[email protected]

Send this to a friend