Segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Viraliza na web vídeo de Juristas confessando crimes

 

Quem poderia imaginar juristas confessando furto, tráfico e venda de bebidas alcóolicas a adolescentes? A internet tem de tudo mesmo. Dessa vez, a onda que se arrastou no face na última semana é a campanha "Eu Confesso".

O movimento, originado de uma parceria entre o Justificando com o Instituto Brasileiro de Ciências Criminais – IBCCRIM, busca levantar o debate sobre a redução da maioridade penal e o aumento do tempo de internação nas penitenciárias para crianças e adolescentes. 

Nas redes sociais, juristas renomados, tais quais o Juiz de Direito Guilherme Madeira, a Professora e colunista do Just Maíra Zapater e o ativista e colunista Renan Quinalha, como também pessoas que não pertencem ao mundo jurídico, já disponibilizaram seus vídeos confessando seus crimes na internet. 

O que já rolou?

Teve o presidente do IBCCRIM, André Kehdi, confessando seus furtos constantes de placas de sinalização e lixos de estacionamento do Mcdonalds:

#euconfesso, e desafio @s queri@s Cristiano Maronna, Thiago Pagliuca, Paulo Faria, Luciana Zaffalon e Adriana Borghi.Daniel Eid, o Sr. também está desafiado!

Posted by Andre Kehdi on Sunday, August 30, 2015

Teve Décio Franco David, nosso colunista e professor da UEPG, confessando suas traquinagens – que são até místicas, de alguma maneira:

Caros amigos, aceitando o desafio do Renato Watanabe de Morais e da Natalie Garcia, venho confessar meus "delitos" e aderir à campanha do EuConfesso.org Desafio, assim, meus amigos Leandro Ayres França, Leonardo Marcondes Machado, Leonardo Costa De Paula, Flavio Bortolozzi Junior, Mauricio Gonçalves Saliba, Luiz Fernando Kazmierczak, Aknaton Toczek Souza, Dirceia Moreira, Milton Gustavo Vasconcelos.Juntos vamos vencer essa proposta absurda!#euconfesso#confessosercontrarioareducaodamaioridadepenal

Posted by Décio Franco David on Sunday, August 30, 2015

E ainda teve Carolina Ferraz, nossa colunista e professora da Universidade Católica de Pernambuco, confessando seu lado criminoso e seu passado com os "primos Ferraz":

Eu aderi a maravilhosa campanha do #Justificando contra a Redução da Maioridade Penal e gravei um vídeo contando meu 'passado' criminoso! Os 'mega crimes' foram cometidos na infância e adolescência e eles não influenciaram o que sou hoje, muito pelo contrário! Condenar alguém que ainda não tem discernimento completo e maturidade por algo que el@ fez num momento específico é extinguir a oportunidade de um futuro de forma radical! Eu decidi não seguir 'carreira' no crime e meus erros no passado ficaram onde deveriam… Como memórias de uma menina peralta! Desafio tod@s a gravar seus videos! Pode fazer os seus Vinicius Passos, Layla Sampaio, Fellipe Dias e Maria Eduarda Mello!!! Com Igor Leone, Brenno Tardelli, Natalie Garcia! #CampanhadoJUSTIFICANDOcontraaReduçãodaMaioridadePenal

Posted by Carolina Ferraz on Saturday, August 29, 2015

Curtiu? Olha que esses vídeos são só o começo. Confira nossa página no Facebook para assistir todos os juristas que já participaram da campanha #euconfesso.

A ideia é que se pense na momentaneidade na atitude de quem é jovem. De que já fomos jovens, e, como todo ser humano, erramos – e nem por isso perdemos nossa vida dentro de um cárcere. Vale também para que pensemos acerca da seletividade da Justiça Criminal, a qual tem um tipo muito específico de preso: negro, pobre e jovem. 

Agora só falta você! Para participar é muito simples: uma câmera e vontade de se confessar. Basta gravar um vídeo de alguma coisa que fizera na infância e voilá!

Para maiores informações, visite nosso site no link. E bora participar! 😉

Segunda-feira, 31 de agosto de 2015
Anuncie

Apoiadores
Seja um apoiador

Aproximadamente 1.5 milhões de visualizações mensais e mais de 175 mil curtidas no Facebook.

CONTATO

Justificando Conteúdo Cultural LTDA-EPP

[email protected]

Send this to a friend