Pelo direito à moradia, MTST ocupa prédio da Presidência da República em São Paulo
Quarta-feira, 1 de junho de 2016

Pelo direito à moradia, MTST ocupa prédio da Presidência da República em São Paulo

Manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST) ocupam, desde a tarde de hoje, 01, o prédio da Presidência da República, na Avenida Paulista, esquina com a Rua Augusta, em São Paulo. O protesto é contra a suspensão de verbas para o programa habitacional Minha Casa Minha Vida, feita pelo presidente interino Michel Temer. 

Os manifestantes ocupam desde às 14:30. Perto das 17:00, a Tropa de Choque foi acionada para dispersar os manifestantes na Avenida, a fim de que o trânsito fosse liberado. Nesse momento houve confusão próximo à Praça do Ciclista, onde oito integrantes do MTST foram impedidos pela PM de retornar ao prédio ocupado. Acabaram sendo atingidos por tiros de borracha e golpes de cacetete, conforme explicou ao Justificando o coordenador do movimento, Paulo Sérgio Cândido, um dos feridos pela ação policial.

Cândido (foto) relatou a violência e denunciou a prisão de outros quatro manifestantes. "Estamos aqui para fazer uma manifestação pacífica, mas prenderam um de nós e fomos averiguar, nesse momento levamos os tiros", afirmou.

Segundo ele, o Movimento não irá desocupar até que o governo interino retroceda e entregue as moradias previstas no programa Minha Casa, Minha Vida. "Queremos mostrar que esse governo (Temer) é ilegítimo, e estamos lutando por um direito que já adquirimos no governo Dilma. Todos os que estão aqui são de uma maioria pobre. Nós estamos lutando aqui por moradia, reivindicamos direitos sociais, os quais eles estão querendo acabar".

Parte dos manifestantes ocupam o hall com bandeiras do movimento e gritam “Fora Temer”, “MTST a luta é para valer” e “Aqui está o povo sem medo de lutar”, entre outros. Mensagens contra Temer foram fixadas com papéis e também pichadas na frente do prédio.

O Ministério das Cidades disse que não vai se pronunciar sobre o ato, mas reiterou que o programa Minha Casa, Minha Vida será mantido. Segundo Candido, não há previsão para que o MTST deixe o prédio. 

 

Quarta-feira, 1 de junho de 2016
Anuncie

Apoiadores
Seja um apoiador

Aproximadamente 1.5 milhões de visualizações mensais e mais de 175 mil curtidas no Facebook.

CONTATO

Justificando Conteúdo Cultural LTDA-EPP

[email protected]

Send this to a friend