Canadá responde Trump convidando pessoas transgênero a se alistarem no Exército do país
Quinta-feira, 27 de julho de 2017

Canadá responde Trump convidando pessoas transgênero a se alistarem no Exército do país

Foto: SPENCER PLATT/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP. Informações do site Opera Mundi.

Pouco depois do anúncio feito pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de que proibirá o ingresso de transexuais nas Forças Armadas do país, os militares canadenses responderam abrindo suas portas para “todas as orientações sexuais e identidades de gênero”.

Damos as boas-vindas aos canadenses de todas as orientações sexuais e identidades de gênero. Junte-se a nós!“, disse a conta oficial das Forças Armadas canadenses no Twitter.

O texto estava acompanhado de uma foto da Banda da Marinha Real Canadense desfilando em uma das comemorações do Dia do Orgulho Gay, em Toronto. O tuíte das Forças Armadas do Canadá também tinha um link para um site que informava sobre as oportunidades de trabalho e profissionais nos Exércitos do país.

Estima-se que aproximadamente 200 pessoas nas Forças Armadas do Canadá são transexuais.

Trump anunciou, na terça (26) que decidiu não permitir que transgêneros atuem nas Forças Armadas do país, sem explicar quando a proibição entrará em vigor e revertendo a abertura adotada no ano passado pelo ex-presidente Barack Obama.

O republicano comunicou a mudança pelo Twitter e disse que, após ter consultado generais e especialistas, decidiu não “aceitar nem permitir” que as pessoas transgênero sirvam nas Forças Armadas dos EUA.

Quinta-feira, 27 de julho de 2017
Anuncie

Apoiadores
Seja um apoiador

Aproximadamente 1.5 milhões de visualizações mensais e mais de 175 mil curtidas no Facebook.

CONTATO

Justificando Conteúdo Cultural LTDA-EPP

[email protected]

Send this to a friend