Associação de Juristas pela Democracia critica fala do general Villas Bôas
Quarta-feira, 4 de abril de 2018

Associação de Juristas pela Democracia critica fala do general Villas Bôas

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil 

Após a ampla repercussão do tweet do comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, que afirmou nesta terça-feira (3) ser “contra a impunidade” e “estar atento às suas missões institucionais”, a Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) publicou uma nota criticando a posição do general.

Antes disso, outras entidades também manifestaram sobre a fala. Veja aqui: Procuradoria Federal repudia qualquer ameaça à autonomia do STF

Para ABJD, a fala do general está “claramente relacionada ao julgamento de hoje no Supremo Tribunal Federal do Habeas-Corpus do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva”

Ainda de acordo com a nota, “não cabe aos integrantes das Forças Armadas brasileiras, muito menos aos seus comandantes, a divulgação pública de opiniões que representem qualquer tipo de pressão ou constrangimento sobre a atuação do Supremo Tribunal Federal ou de qualquer outra instância do Poder Judiciário”

Leia na íntegra.

Quarta-feira, 4 de abril de 2018
Anuncie

Apoiadores
Seja um apoiador

Aproximadamente 1.5 milhões de visualizações mensais e mais de 175 mil curtidas no Facebook.

CONTATO

Justificando Conteúdo Cultural LTDA-EPP

[email protected]

Send this to a friend