Olinda terá 1ª Casa de Redução de Danos do país no Carnaval
Sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Olinda terá 1ª Casa de Redução de Danos do país no Carnaval

Imagem: Projeto “Casa Fique Suave”

 

Coluna Discursos Não Pacificados

Por Ingrid Assunção Farias

 

Projeto inédito promove “Casa Fique Suave”, que ficará na Ladeira da Misericórdia com serviços de acolhimento e informação sobre uso de álcool e outras drogas. Proposta faz parte da ação “Fique Suave no Carnaval”, promovido pela Escola Livre de Redução de Danos

 

 

Assim que chegar a sexta-feira de Carnaval, o sobrado de nº 155 da Ladeira da Misericórdia, em Olinda, vai se transformar na primeira Casa de Redução de Danos (RD) no Carnaval de Pernambuco, no nordeste do Brasil. A casa é parte da “#Ação Fique Suave no Carnaval – “Se for usar drogas, reduza os danos” que vai atuar de forma integrada através do trabalho de agentes redutores de danos durante todo o carnaval da cidade de Olinda, com a distribuição gratuita de kit de redução de danos composto por (soro, canudos, camisinhas, tatuagens corporais da RD, água, protetor solar, pirulito, cartão com tabela sobre a mistura de drogas, sedas e piteiras), serão mais de 30 agentes subindo e descendo a ladeira, estimulando um carnaval mais seguro e com direito a prevenção.

 

A Casa Fique Suave é marcada por ser uma iniciativa coletiva dentro dessa grande ação, serão oferecidos dentro da casa serviços de informações responsáveis sobre uso de drogas e estratégias de redução de danos, visando a segurança dos usuários de álcool e outras drogas durante a folia além de cerveja artesanal, kits de redução de danos, espaço de descanso, frutas, água e muito mais. A casa é produzida pela Palaffit Produções, em parceria com a Escola Livre de Redução de Danos e demais coletivos antiproibicionistas, de comunicação, cervejarias, tabacarias e alimentação. Mais informações sobre a casa podem ser obtidas online através do link: http://abre.ai/casafiquesuave 

 

A Casa Fique Suave funcionará de sábado (22) a terça-feira (25) do Carnaval de Olinda. Dentro dela, funcionarão três espaços: #Informa, com acesso ao Museu das Drogas, exposição sobre a história e o uso de drogas, composição, efeitos e estratégias de redução de danos, também vamos oferecer testagem de substâncias, para que os foliões tenham direito de saber o que estão consumindo; #Calibra, com águas e frutas liberadas, cervejas sem transgênicos, comida e música para deixar calibrado para voltar para o frevo das ruas; e #Recupera, voltado para descanso e acolhimento, estimulando com práticas integrativas de aromoterapia, cromoterapia. A Ação completa do “Fique Suave no Carnaval” terá também o “Quintal Fique Suave”, área de acesso gratuito para acolhimento e redução de danos, e o “Fique Suave nas Ladeiras”, as equipes de agentes de redução de danos;

 

Para Ingrid Farias, umas das coordenadoras da Escola Livre de Redução de Danos, a ação é pioneira na iniciativa de oferecer durante a maior festa popular do mundo informação responsáveis sobre uso de drogas. “Esse é um projeto piloto, uma experimentação. Nosso objetivo é mostrar às pessoas e ao Poder Público a necessidade de olhar para o consumo de álcool e outras drogas a partir da informação responsáveis pautada na saúde pública, e não do punitivismo, em especial no Carnaval, quando esse consumo acontece muitas vezes sem as pessoas saberem o resultado das interações com substâncias. Acreditamos no acesso a informações responsáveis sobre uso de drogas e a disseminação de estratégias de RD para que as pessoas possam aproveitar esse momento de alegria, e não se colocar em risco se escolherem fazer uso de drogas”, defende a bióloga e redutora de danos. 

 

Leia também:

Neste Carnaval, “Cultive Cuidado, Colha Folia”Neste Carnaval, “Cultive Cuidado, Colha Folia”

O que significa “Redução de Danos” (RD)?

A Redução de Danos é um conjunto de estratégias e práticas individuais e coletivas, com o objetivo de reduzir os danos associados ao uso de drogas psicoativas (lícitas e ilícitas) para pessoas que não querem ou não podem parar de usar drogas. As intervenções são baseadas no compromisso com a autonomia dos cidadãos a saúde pública e os direitos humanos, tendo em perspectiva o acolhimento e a autonomia de escolha das pessoas em contraponto a políticas e práticas punitivistas.

 

Sobre a Escola Livre de Redução de Danos

A Escola Livre de Redução de Danos é uma organização política profissional, que nasce em solo pernambucano, na cidade de Recife, com a proposta de fortalecimento dos direitos humanos para pessoas que usam drogas, atuando a partir do projeto político antiproibicionista e antimanicomial. Temos como principal propósito desenvolver atividades que vão desde a formação acadêmica e política, estudos, pesquisas, eventos, seminários, intervenções em campo, até o fortalecimento de movimentos sociais que atuem com ações transversais à redução de danos.

 

CONFIRA 7 DICAS DE COMO REDUZIR DANOS DO USO DE ÁLCOOL E OUTRAS DROGAS NO CARNAVAL

 

  1. Hidrate-se sempre. Entre uma cerveja ou outra, no consumo de álcool e outras drogas, mantenha-se hidratado. As drogas consomem bastante água do nosso corpo, além do calor e da energia perdida na festa;

  2. Alimente-se: uma boa alimentação antes, durante e depois garante mais lucidez e maiores chances de se recuperar caso algo aconteça; comer frutas que hidratem, como laranja e melancia, podem ser de muita ajuda nessa hora;

  3. Esteja bem consigo mesmo/mesma: muitos dos efeitos negativos no uso de álcool e outras advêm de problemas anteriores ao uso, de natureza pessoal. 

  4. Ande com pessoas de confiança: é importante ter uma rede de apoio nesse momento, caso algo aconteça, como grupos de amigos e pessoas em que você confia.

  5. Não consuma algo vindo de quem não conhece: evite beber e usar drogas oferecidas por pessoas desconhecidas, pois podem estar batizadas; tente usar sempre seus próprios utensílios: copo, canudo, água, etc.

  6. Saiba onde estão os serviços: fique atento/atenta onde estão localizados os bombeiros, as ambulâncias e os postos de saúde;

  7. Peça ajuda a quem você confia: não hesite em pedir ajuda caso você sinta necessidade, mas tente fazer isso com pessoas de confiança, como amigos, parentes e autoridades, além do próprio serviço médico;

 

SERVIÇO

Ação Fique Suave

Casa Fique Suave + Quintal Fique Suave + Fique Suave nas Ladeiras

Realização: Escola Livre de Redução de Danos + Parcerias

 

Casa Fique Suave

Carnaval de Olinda – Ladeira da Misericórdia, 155

Casa circulante de acolhimento e informações sobre o uso de álcool e outras drogas e práticas de redução de danos, com espaços #Informa, #Calibra e #Recupera

Evento: https://www.facebook.com/events/469781190599499/

 

Quintal Fique Suave

Espaço circulante de quintal e jardim aberto ao público (sujeito a lotação) de acolhimento e redução de danos, com água e espaços para descanso

Ladeira da Misericórdia

 

Fique Suave nas Ladeiras

Informações sobre redução de danos e acolhimento realizado por agentes redutores de danos pelos principais blocos

 

CONTATOS:

Emerson da Cunha (Bigu Comunicativismo/Assessoria de Imprensa): 81 99768 2845

Ingrid Farias (Coordenadora da Ação pela Escola Livre de Redução de Danos) 81 997403512

 

 

Ingrid Assunção Farias é antiproibicionista, abolicionista, nordestina e feminista negra periférica. Coordenadora da Rede Nacional de Feministas Antiproibicionistas, integrante da Rede Latino Americana de Pessoas que Usam Drogas e parte do coletivo A Quilomba.


O Justificando não cobra, cobrou, ou pretende cobrar dos seus leitores pelo acesso aos seus conteúdos, mas temos uma equipe e estrutura que precisa de recursos para se manter. Como uma forma de incentivar a produção de conteúdo crítico progressista e agradar o nosso público, nós criamos a Pandora, com cursos mensais por um preço super acessível (R$ 19,90/mês).

Assinando o plano +MaisJustificando, você tem acesso integral aos cursos Pandora e ainda incentiva a nossa redação a continuar fazendo a diferença na cobertura jornalística nacional.

[EU QUERO APOIAR +MaisJustificando]

Sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020
Anuncie

Apoiadores
Seja um apoiador

Aproximadamente 1.5 milhões de visualizações mensais e mais de 175 mil curtidas no Facebook.

CONTATO

Justificando Conteúdo Cultural LTDA-EPP

[email protected]