Associação Juízes para Democracia entra com representação na PGR contra Bolsonaro
Terça-feira, 26 de janeiro de 2021

Associação Juízes para Democracia entra com representação na PGR contra Bolsonaro

Imagem: Marcelo Camargo / Agência Brasil

 

Por AJD

 

Na manhã desta terça-feira, 26, a Associação Juízes para a Democracia (AJD) protocolou na Procuradoria Geral da República (PGR) representação para que o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, seja processado pelos crimes tipificados nos artigos 132, 257 e 268 do Código Penal, mediante denúncia a ser apresentada ao Supremo Tribunal Federal (STF).

 

De acordo com o texto da representação, “na contramão da recomendação da OMS de adoção, pelos países, de ‘uma estratégia integral e combinada para prevenir infecções, salvar vidas e minimizar o impacto’ da crise, sua condução no Brasil, pelo atual ocupante do cargo de Presidente da República, tem ocorrido de maneira desastrosa”. Assinam pela AJD as juízas Valdete Souto Severo, Daniela Valle da Rocha Muller e Emília Gondim Teixeira, que compõem o Conselho Executivo da entidade.

 

A representação da AJD contra Bolsonaro foi protocolada no sistema da PGR, às 8 horas e 38 minutos desta terça-feira, pela advogada da entidade, Milena Pinheiro Martins.

 

Acesse a íntegra da representação

 

Terça-feira, 26 de janeiro de 2021
Anuncie

Apoiadores
Seja um apoiador

Aproximadamente 1.5 milhões de visualizações mensais e mais de 175 mil curtidas no Facebook.

CONTATO

Justificando Conteúdo Cultural LTDA-EPP

[email protected]ficando.com

Send this to a friend